Gastronomia e Vinhos

Embora com pouca extensão geográfica, Portugal é conhecido pela sua magnifica variedade vínica e gastronómica. Desde o norte ao sul do país é possível encontrar-se maravilhosos e diferenciados vinhos que acompanham partos seculares inventados e reinventados por simples cozinheiras e chefes permeados e de renome internacional.

O Minho, região onde se deu a fundação de Portugal, é rico em gastronomia conventual tal era a importância da igreja no inicio da nossa história. O Minho é também a única região vitivinícola do mundo onde se produz o vinho verde, uvas cuja frescura dos ventos atlânticos pode ser degustada em Palácios, casas ou quintas de vinho verde, cheias de história.

No Alto Douro Vinhateiro, primeira região demarcada do Douro, é produzido o famoso vinho do Porto. A importância desta região está muito para além desta conhecida iguaria, a soberba paisagem do vale do Douro, onde o homem construiu socalcos para plantar vinha na encosta desta região de solos difíceis, deu lugar a uma paisagem classificada pela Unesco como Património Mundial da Humanidade. As quintas durienses foram reinventadas para poder receber visitantes que desejem disfrutar destas experiências.

O Alentejo é a região que mais cedo abriu as suas portas ao Enoturismo, tendo sido por isso considerada a melhor região vinícola do mundo para visitar em 2014 pelo USA Today. Se no Douro temos socalcos aqui deparamo-nos com extensas planícies onde a vinha é acompanhada pelos montados e pelos olivais.

Portugal, hoje já deixou de ser um segredo bem guardado e a sua gastronomia, é uma das principais razões que nos leva até aos quatro cantos do mundo. O segredo está em manter os produtos genuínos, bem cozinhados e servidos por pessoas autênticas, cheias de alma e caracter.